Tubarão da espécie mais rápida do mundo aparece morto na praia de Imbituba



"Tubarão da espécie mais rápida do mundo aparece morto na Barra de Ibiraquera 🦈


Um tubarão jovem da espécie Isurus oxyrinchus, conhecida como anequim, apareceu morto na manhã desta quarta-feira na barra de Ibiraquera imbituba Santa Catarina. As fotos foram divulgadas nas redes sociais. O animal é raramente visto na costa e se trata de uma espécie juvenil pois os adultos anequins pode chegar até 4,3 metros de comprimento, 580 kg e possui uma cor azul metálica.


Sobre

O tubarão-mako (Isurus oxyrinchus) é uma espécie de tubarão da família Lamnidae. encontrado em mares tropicais e temperados.


É considerado o tubarão mais rápido, podendo chegar aos 88 km/h em curtas distâncias, ultrapassado em velocidade apenas pelo atum dourado e pelo marlim.


Tubarão-mako (Isurus oxyrinchus)


Também chamado de tubarão-mako-cavala ou ainda tubarão anequim, pode chegar até 4,3 metros de comprimento, 580 kg e possui uma cor azul metálica. 


Alimenta-se de peixes de alto-mar e de outros tubarões. Seu estado de conservação é vulnerável, devido a pesca predatória.

O tubarão-mako é uma espécie bastante grande de tubarão. As taxas de crescimento parecem ser um pouco aceleradas em comparação com outras espécies da família.


O Tubarão-mako é regularmente acusado de ataques a humanos e, devido à sua velocidade, potência e tamanho, é certamente capaz de ferir e matar pessoas. No entanto, esta espécie geralmente não atacará seres humanos e não parece tratá-los como presas.


Considera-se que a maioria dos ataques foram provocados devido a assédio ou que o tubarão foi capturado numa linha de pesca.  


A estatística da ISAF registra 9 ataques de curto alcance em humanos entre 1580 e 2017, um dos quais foi fatal, junto com 20 ataques de barco.


Em 2016, no Rio Grande do Sul, um pescador de 32 anos, morreu vitima do ataque de um Anequim, dentro de uma embarcação quando, após pescá-lo, o retirava da água. Foi mordido na panturrilha.


De todos os tubarões estudados, o mako possui uma das maiores proporções de cérebro.

Este grande tamanho do cérebro levou Craig Thorburn, a investigar a inteligência da espécie. Ele e sua equipe descobriram que os mako são tubarões de aprendizado rápido.

whatscamboriu.png