Banner - Vem K - 1040x250.jpg

Saúde registra quase três mil atendimentos durante o feriadão de Carnaval em Balneário Camboriú



De sexta (21) até a manhã desta quarta-feira (26), foram atendidos 2.728 pacientes no Hospital Municipal Ruth Cardoso (HMRC), Pronto Atendimento (PA) da Barra e Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h do Bairro das Nações.


Além disso, durante os cinco dias de Carnaval, moradores e turistas puderam contar também com o Hospital de Campanha, montado na Praça Almirante Tamandaré, que realizou ao todo 597 procedimentos.


A equipe do Hospital Municipal Ruth Cardoso atendeu 1.052 pacientes. Destes, 272 são crianças, 660 adultos e 120 idosos. De classificação de risco, 20 foram registrados como urgência e emergência, e 658 verde e azul, isto é, que poderiam ser atendidos no PA da Barra.


Sobre os números do PA da Barra foram registrados 1.010 atendimentos, entre eles, foram acolhidos moradores de Balneário Camboriú, Camboriú, Itajaí, Itapema, Navegantes e Porto Belo, além de 99 turistas que curtiram o carnaval no município. A maior parte dos atendimentos foi de pouca urgência (verde), totalizando 546.


Já na UPA 24h, no Bairro das Nações, foram atendidos 666 pacientes durante o carnaval, sendo 105 atendimentos pediátricos e 561 de clínico geral. Os atendimentos foram prestados aos moradores de Balneário Camboriú (598), Camboriú (28), Itajaí (1), Bombinhas (1), Joinville (1), Florianópolis (2), Paraná (14), São Paulo (5) e demais municípios (16).


Hospital de Campanha


Para garantir um Carnaval tranquilo e seguro à população, a Secretaria de Saúde, em parceria com o Samu e Corpo de Bombeiros, montou um Hospital de Campanha na Praça Almirante Tamandaré. O local prestou reforço aos moradores e turistas durante os cinco dias de folia. De sexta (21) até terça-feira (25), foram realizados 597 procedimentos e oito transferências para o Hospital Municipal Ruth Cardoso e UPA das Nações.


O maior número de atendimentos se deveu ao uso abusivo de álcool, cortes com sutura e curativo, queda com suspeita de fratura, dores e crise de ansiedade e pânico.


A estrutura contou com 10 leitos ambulatoriais, um de pequenas cirurgias e mais um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), composto por uma equipe de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, agente de higienização assistente administrativo e equipe de manutenção. Além disso, estava presente no local uma ambulância do SAMU e outra do Corpo de Bombeiros.


Profissionais de saúde do Centro Integrado de Solidariedade e Saúde (CISS) e Centro de Testagem e Diagnóstico (CTA) realizaram 124 testes rápidos, além de orientações sobre a importância da prevenção contra as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). Também foram distribuídos 35 mil preservativos aos foliões e 2 mil kits de prevenção com material informativo e lixo car.


3254 05 - WEB BANNER - CALEBE - 960X960