Produtores de Camboriú devem vacinar gado contra a raiva



A Companhia Integrada de Desenvolvimento de Santa Catarina (Cidasc) solicitou aos agricultores que vacinem o gado contra a raiva. Tijucas apresentou focos da doença em equinos, em maio, por isso a vacinação tornou-se obrigatória nos municípios da região. Camboriú, Balneário Camboriú, Bombinhas, Canelinha, Gov. Celso Ramos, Itapema e Tijucas terão de vacinar o rebanho.


De acordo com o secretário de Agricultura, José Elias Porto, o veterinário da Secretaria está à disposição para orientar os produtores. “Nós só pedimos que seja agendado horários de atendimento por telefone (3365-0707), para evitar aglomero em época de pandemia e para que nós possamos nos organizar para prestar um bom atendimento ao produtor”, destaca.

A Cidasc orienta guardar a nota fiscal de vacinação. Animais que nunca receberam a vacina da raiva, devem tomar a segunda dose após 30 dias. A doença causa sintomas como dificuldade para caminhar, paralisia e salivação excessiva.


A raiva é causada pelo morcego, não tem cura e pode matar o boi e contaminar o homem, que pode vir a óbito. O responsável pode levar o animal ao veterinário, ou comprar as vacinas que são vendidas, a um custo baixo, nas agropecuárias. Elas podem ser aplicadas pelo próprio criador.

WhatsApp Image 2021-02-27 at 15.08.36.jp
3105 06 - PORTAL CALEBE MORENO 728x90 -

Receba nossas atualizações

  • Instagram - White Circle
  • Ícone do Facebook Branco

© 2014