Prefeitura de Camboriú realiza entrega simbólica dos uniformes

Mais de 27 mil peças entre uniformes de verão e inverno, serão distribuídos aos alunos do município


Foi realizada na manhã desta quinta-feira, dia 8, a entrega simbólica dos uniformes da Rede Municipal de Ensino. Na ocasião, a escola municipal Clotilde Ramos Chaves, no bairro Areias, e o Centro de Educação Infantil (CEI) Eurípedes de Paula da Silva, no bairro Conde Vila Verde, sediaram a entrega dos kits destinados ao Ensino Fundamental e à Educação Infantil, respectivamente.

A solenidade contou com a presença do prefeito de Camboriú, Elcio Rogério Kuhnen, acompanhado de seu vice, Júnior Cardoso, além de representantes da Secretaria Municipal de Educação e vereadores. Serão entregues mais de 27 mil peças de uniforme, entre inverno e verão. Ao todo, quase 13 mil alunos do município serão contemplados, sendo realizado um investimento superior a R$ 425 mil em recursos próprios, para sua aquisição.

“Estamos investindo cada vez mais na educação, não apenas no ambiente escolar, mas também dando mais dignidade para os nossos alunos, com a entrega do uniforme escolar. Além disso, traz segurança para os estudantes, uma vez que são identificados como pertencentes a rede municipal de educação”, comenta o prefeito Elcio Rogério Kuhnen.


Em razão da pandemia da Covid-19, a logística para a entrega dos uniformes ocorre de forma diferenciada esse ano, sendo primeiramente distribuído aos alunos que estão matriculados no formato híbrido, e posteriormente, aos alunos na modalidade não presencial.


Cada aluno também receberá duas máscaras de tecido, que foram confeccionadas pela Casa das Costureiras de Camboriú, em uma parceria entre as Secretarias de Educação e Desenvolvimento e Assistência Social, além de empresas privadas, que realizaram a doação do tecido e aviamentos.


“Eu gosto de usar o uniforme porque traz segurança para a escola, e faz com que a gente pense menos na roupa que vai usar diariamente e foque mais nos estudos, sendo mais positivo pra todos”, declarou Caroline, aluna do 4º ano da escola Clotilde Ramos Chaves.




whatscamboriu.png