Policial militar baleado durante assalto em Criciúma...




A passagem de quadrilheiros em Criciúma, deixou um rastro de perplexidade e ousadia, mas também de muita tristeza, atingiram um herói anônimo, um Policial, o Soldado Jeferson Esmeraldino, está se recuperando no hospital, não vai ganhar capas dos Jornais, Revistas, das TVs....um mero Soldado, que tem amigos, família, colegas de trabalho... que coloca sua vida na defesa da sociedade, fazendo aquilo que mais amava... ser Policial... mas a desproporção de força, armamentos criou uma armadilha... Agora ele luta pela vida


Fico surpreso, mesmo com muitos anos na Segurança Pública, com a desorganização Federal e Estadual no combate a esses crimes violentos de Assaltos a Bancos, Tráfico de Entorpecentes e Armas.... mesmo com tanta tecnologia... não tínhamos Equipes Especializadas Federais, das Forças Armadas e Estaduais, conjuntamente, preparadas, com Helicópteros, veículos de guerra, armamentos para seguir o rastro e enfrentar esses criminosos, que no dia seguinte barbarizaram no Pará... e continuam agindo em todos Estados...



Por último, minha repulsa a alguns Ministros do STF/STJ que continuam sendo o “padrinho/madrinha “ dos líderes dessas quadrilhas, ora impedindo/ limitando a ação da Polícia, ora impedindo líderes de facções de mante-los em Presídios Federais e isolados, ora colocando esses líderes nas ruas...nosso “anjo” policial foi atingido com o disparo de um fuzil calibre 7.62 mm no abdômen, arma trazida do Paraguay ...


Será que nossos Ministros sabem o poder de fogo dessa e de outras armas? Não, esses Ministros, juntamente com o Ministro da Justiça e alguns Secretários “Tabajaras “ apenas frequentam festas em palácios e seus gabinetes de luxo!!!


Minhas orações para que esse Herói se recupere o quanto antes... minha solidariedade a sua família e as forças policiais... nem se fosse Negro seria lembrado, não é um policial de esquerda, não tinha ficha criminal... E com certeza o povo dos Direitos Humanos, não vai visitá-lo no hospital, nem Parlamentares farão isso... A imprensa não vai dedicar horas do jornalismo com sua vida profissional e de sua família... É pura discriminação e abandono por ter escolhido ser Policial.....meu Brasil, brasileiro....


Via: Delegado Waldir




whatscamboriu.png