O SAMU pede socorro à população da região!

Trabalhadores do SAMU não recebem 13 salário e preparam ato no início da semana


O SAMU pede socorro à população da região!A empresa que faz a gestão do SAMU a nível estadual (OZZ Saúde) está em débito com os colaboradores. Desde 2017, quando assumiu, não reajustou salários, não pagou dissídios, não concede e nem paga férias (colaboradores com três férias vencidas).


Retiraram inúmeros benefícios como pagamento de horas extras e feriados. Por último, a empresa não pagará o décimo terceiro devido e estabelecido por lei. Profissionais trabalham 24 horas por dia e não possuem condições mínimas de trabalho.


Além de tudo que foi mencionado, ainda vale mencionar ambulâncias estragadas e sem manutenção, não fornecimento de materiais minimamente adequados, uniformes e botas rasgadas, falta de equipamentos básicos.


Estamos todos exaustos e quem pode sofrer consequências com esse grande descaso é quem mais precisa do SAMU: a população.


É um serviço que salva vidas diariamente, mas sofre diariamente com a desvalorização e indiferença da gestão.

whatscamboriu.png