Banner - Vem K - 1040x250.jpg

Nove casos suspeitos de coronavírus em Santa Catarina; confira as cidades

Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu.




O Ministério da Saúde confirmou na tarde desta sexta-feira (28) que Santa Catarina tem nove casos suspeitos do novo coronavírus, um a mais do que o último boletim. Essas pessoas estiveram recentemente em países considerados focos de transmissão da doença. Outros quatro casos no estado já foram descartados como sendo de Covid-19, infecção causada pelo vírus.


Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu. O Brasil tem atualmente 182 em investigação e um paciente com a doença, sendo um homem de 61 anos que mora em São Paulo e que fez viagem para a Itália entre 9 e 21 de fevereiro.

A Secretaria de Estado da Saúde informou que, em Santa Catarina, são monitorados quatro pacientes em Joinville, dois em Balneário Camboriú, dois em São Bento do Sul e um em Florianópolis. Nenhum deles está internado. As suspeitas já descartadas eram de Rio do Sul, Brusque e capital.

O Ministério da Saúde considera como critério de definição de caso suspeito pessoas que tenham febre, mais um sintoma gripal, e que tenham viajado para a Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Japão, Singapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Tailândia, Vietnã, Camboja e China, cuja cidade de Wuhan é considerada o epicentro da doença.


A SES afirma que não há motivo para pânico e que desde o final de janeiro as equipes técnicas da secretaria trabalham para orientar os profissionais da pasta para lidar com os casos suspeitos. Informou também que um Plano de Contingência foi elaborado seguindo determinações do Ministério de Saúde.


Temor mundial

Nesta sexta, a Organização Mundial de Saúde (OMS) elevou o risco de epidemia de covid-19 para"muito alto". Há registros da doença em 50 países. Somente a China tem 78.959 casos confirmados e 2.791 mortes provocadas pela enfermidade.



Por G1 SC

3193 14 - Calebe Moreno - 960x960.jpg
3254 05 - WEB BANNER - CALEBE - 960X960