Mesmo com restrições, aglomerações são registradas na virada em Balneário Camboriú


Balneário Camboriú, mesmo com os show de fogos cancelado e as restrições na faixa de areia não afastaram o público da orla da Praia Central, na virada de ano. Embora a movimentação tenha sido reduzida em algumas regiões, como a Barra Sul, houve registro de aglomeração no Centro. O movimento ainda era intenso nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (1º).


Mesmo com a instalação de tendas e guarda-sóis nas praias para a virada estava proibida, assim como o uso de equipamentos de som e narguilés. A Guarda Municipal apreendeu ao todo 30 caixas de som, de pessoas que se negaram a desligar os aparelhos.


Imagens que circulam nas redes sociais mostram que também houve festas com aglomeração em casas noturnas – o que está proibido na região de Balneário Camboriú, que está em nível gravíssimo de risco para Covid-19. As fotos retratam que os participantes não usavam máscaras, que são obrigatórias.


Nem a Guarda Municipal, nem a Polícia Militar, informaram sobre atuação nas baladas clandestinas.


A PM teve operação especial para o Réveillon em Balneário Camboriú, com 107 policiais nas ruas. Foram geradas 98 ocorrências na virada, a maioria delas por perturbação ao sossego.


A virada de ano na cidade é uma das maiores do Sul do país. Nos últimos anos, o show de fogos reuniu cerca de um milhão de espectadores.


Veja os Vídeos:



whatscamboriu.png