Joinville chega a 61°C de sensação de calor nesta quinta-feira

Temperatura máxima registrada até agora foi de 39°C, segundo Epagri/Ciram



Na tarde desta quinta-feira (4), por volta das 14 horas Joinville, atingiu 61°C de índice de sensação de calor. O valor foi confirmado pela Epagri/Ciram e corresponde à intensidade do calor sentido pelas pessoas


O índice de calor é usado em períodos mais quentes, sendo calculado levando em consideração a temperatura aparente do ar e a umidade relativa do ar. É parecido com a sensação térmica, usada em períodos mais frios, mas que considera a temperatura e a velocidade do vento.

O resultado do índice de calor mostra a intensidade de calor que uma pessoa sente. E em Joinville não tem sido pouco. Segundo a Epagri/Ciram, a sensação é como se o joinvilense estivesse em uma sauna ou panela de pressão.


<Centro de eventos se transforma em um elefante branco em Balneário Camboriú


O número surpreendente chega a 61°C por causa da temperatura de 39°C, associada a umidade relativa do ar de 74%. De acordo com a Epagri/Ciram, essa taxa de umidade não é muito comum durante a tarde. Com isso, a sensação de calor chega a índices comparados aos de regiões próximas a Linha do Equador, como as cidades do Norte do Brasil.


A previsão da Epagri/Ciram aponta para que o clima permaneça abafado e quente na região do litoral catarinense ao longo desta quinta-feira. Para sexta-feira (5), a tendência é de predomínio de sol, com chuva fraca e isolada no início do dia no Litoral Norte.


O que fazer em caso de calor:


- Beba muita água.


- Use protetor solar e reaplique a cada duas horas.


- Procure locais com ar-condicionado, mas evite o choque térmico saindo e entrando em ambientes quentes e frios.


- Se proteja com sombrinhas e bonés ao caminhar pelo sol.


- Evite andar sob o sol em horários entre 10 horas e 16 horas.


- Use roupas leves.


- Abuse de frutas, especialmente laranja, banana e melancia, que são ricas em sais minerais.


- As comidas muito pesadas devem ser menos consumidas, assim como as bebidas alcoólicas, que desidratam o organismo.


Por Hassan Farias

whatscamboriu.png