Grávida de oito meses morre após ser eletrocutada

Marilei Chimanski tinha 33 anos e morreu no início da tarde desta sexta-feira (13)



A família contava os dias para a chegada do filho, mas uma fatalidade tirou a vida da mãe e do bebê na tarde desta sexta-feira (13). Marilei Chimanski, de 33 anos, morreu após levar um choque dentro de casa, em Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Catarina.


Mari, como era conhecida, estava no oitavo mês de gestação e restavam poucos dias para a chegada do filho. O acidente aconteceu no início da tarde e, segundo os Bombeiros Voluntários, a corporação foi acionada pouco depois das 12h.


A família morava no bairro Estrada Nova e Mari estava sozinha em casa no momento que levou o choque. Quando os bombeiros chegaram, ela estava na cozinha, em parada cardiorrespiratória.



De acordo com os bombeiros, que realizaram o primeiro atendimento, o helicóptero Arcanjo da Polícia Militar foi acionado e o médico da equipe tentou reverter o quadro ainda na casa da família, mas mãe e bebê morreram no local.


O companheiro de Mari havia saído para levar uma moto para reparos mecânicos, segundo os bombeiros.


Nas redes sociais, amigos e familiares prestam homenagens e conforto à família. “Meus sentimentos a todos os familiares. Não consigo acreditar que minha amiga se foi”, escreveu uma amiga.


O velório de Marilei Chimanski acontece no Cemitério da Vila Lenzi e o sepultamento será no sábado (14), às 17h, no Cemitério do bairro Nereu Ramos.






Receba nossas atualizações

  • Instagram - White Circle
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019