3321-04-CALEBE-CAMBORIU-NOTICIAS-900x150.jpg

Festas em imóveis particulares e casas de eventos vão gerar multa em Balneário Camboriú



O prefeito Fabrício Oliveira assinou decreto nesta terça-feira (30) estipulando multa, embargo, interdição e cassação de alvará para quem promover eventos em casas de locação, casas de festa, ou demais imóveis particulares por pessoa física ou jurídica.



A multa será de 16 Unidades Fiscais do Município (UFM), que está estabelecida em R$ 314,08, o que leva a multa para quem promover evento a R$ 5.025,28. Caso haja reincidência a multa dobra.


“É um absurdo que em plena epidemia de Coronavírus algumas pessoas insistam em promover aglomerações. A fiscalização tem apurado e encerrado muitas dessas festas que são promovidas por gente de fora de Balneário Camboriú, que alugam casas e promovem eventos.


Agora, além da fiscalização encerrar essas festas, o proprietário do imóvel ou o promotor do evento serão multados. Embargo, interdição e cassação de alvará de empresa, se for o caso, também pode ser aplicado pela fiscalização”, explica o prefeito Fabrício Oliveira.


Os valores advindos das multas serão revertidos ao Fundo Municipal de Saúde, para as ações de enfrentamento ao novo coronavírus.


Decreto será publicado ainda hoje. 

whatscamboriu.png
3319 - 10 - WEB BANNER - CALEBE - 960x960.jpg