Educação Infantil e CEMJA de Camboriú aderem ao Google Classroom



Com a suspensão das aulas, devido a pandemia do novo Coronavírus, sistemas de ensino de todo o mundo têm recorrido a atividades ministradas remotamente, através de plataformas e sistemas interativos, de forma a dar continuidade ao ano letivo.


A partir do dia 3 de junho, o sistema municipal de ensino de Camboriú, as atividades escolares não presenciais sofrerão mudanças. O uso da plataforma Google Classroom agora também será estendido à Educação Infantil e ao Ensino de Jovens e Adultos, nos polos CEMJA do município, que anteriormente, utilizavam o Portal Educativo.



“Por uma normativa do Google, inicialmente nos foi liberado apenas 10.000 acessos à plataforma, o que corresponde a menos de 70% do número total de alunos e professores, sendo necessário atingir este teto, para que os outros 10.000 fossem liberados, abrangendo assim, todo nosso sistema municipal de ensino”, explicou a Secretária de Educação, Alecxandra Vitorassi Rosa.


Havendo diferenças entre e a nova e a antiga plataforma, para orientar os professores dos CEIs do município, está sendo realizado encontros formativos via online desde o dia 1 de junho. Nos workshops está sendo debatido, dentre outros assuntos, formas de acesso, publicação e interação das experiências e vivências, além de observações gerais de como proceder na plataforma e orientar as famílias.


“Com essas formações, a expectativa é iniciarmos um processo em rede, no qual os professores se unem em prol do mesmo objetivo. A troca de experiências deve auxiliar para que os professores estejam mais capacitados a utilizarem esta nova ferramenta, que vem neste momento de isolamento, para tornar ainda mais dinâmica a interação entre professores, responsáveis e crianças”, salientou a diretora de ensino da Educação, Paula Reis.

whatscamboriu.png