DILIGÊNCIA DE APOIO RESULTA EM SALVAMENTO DE CRIANÇA DE 1 ANO EM ITAJAÍ



Ontem, terça feira,(8), a guarnição 5264 estava em diligências em apoio a guarnição 5222 na Rua Pedro José João, quando ouviu gritos de socorro de uma feminina próximo daquele local.


A guarnição deslocou de imediato para a rua Wilson Cordeiro, onde ao chegar na casa 99 , escutou os gritos de socorro de uma feminina chamada Patrícia.

Patrícia estava desesperada e chorando, com uma criança nos braços, e ao avistar os policiais ela pediu socorro para seu filho bebê, porém, o portão da residência estava trancado e ela não sabia onde estava a chave.

A guarnição vendo a gravidade da ocorrência estourou o portão com golpes manuais, entrando com urgência na residência.

Ao presenciar a criança sem sinais vitais (desfalecido ) em ato imediato o Sd MIX pegou o bebê e saiu correndo para a viatura com o Sd Adair, deslocando em nível III para o hospital Marieta.

A criança de 1 ano já se encontrava sem os sinais vitais e rocha. Onde foi necessário efetuar reanimação com a manobra de HEIMLICH .

Durante o deslocamento, no procedimento de reanimação com a manobra de HEIMLICH que foi efetuado pelo Soldado MIX, na altura da rua Uruguai, Kaio começou a dar os primeiros sinais de vida, e a criança voltou a respirar, próximo do hotel IBIS.

Quando a guarnição 5264 chegou no Marieta com a criança , a mesma já apresentava sinais vitais. Ainda assim os médicos prestaram atendimento para a criança. Onde logo em seguida a guarnição junto com o enfermeiro Ronei deslocaram para o Hospital Pequeno Anjo, para que a criança fosse socorrida e medicada.

Já no Pequeno anjo, a guarnição fez contato com o pai da criança, senhor Alex Gustavo da Silva Geraldo e com a avó Kátia Cabral, e os mesmos relataram que a criança de um ano , Kaio Felipe, estava com muita febre durante o dia e que a criança havia sido levada para o CIS por volta das 14 horas, onde foi medicado e que logo havia sido liberado.


Mas que a noite a criança voltou a apresentar quadro febril e iniciou a convulsão, parando de respirar. E que foi neste momento, que os pais da criança pediram socorro para os vizinhos, mas logo apareceu a viatura que prestou o apoio para a criança até o Marieta e em seguida ao Pequeno Anjo.

whatscamboriu.png