Corpo de jovem assassinada é achado dentro de casa em Itajaí



Uma jovem de 27 anos foi assassinada na madrugada de segunda-feira (24) no bairro São Vicente, em Itajaí. Os suspeitos foram presos em flagrante ao tentar ocultar o corpo, que estava escondido em uma casa.



Segundo a Polícia Civil de Itajaí, foi apurado, por meio da DIC (Divisão de Investigação Criminal), que o crime ocorreu por dívidas de drogas entre a vítima e o autor, um homem de 31 anos. O suspeito está foragido.


O corpo foi encontrado pela DIC por volta das 16h desta segunda-feira. Ele já estava embalado em sacos plásticos e envolto por lençóis.


Uma mulher de 48 anos foi presa em flagrante, por ser cúmplice do autor. Segundo os policiais, ficou visível a tentativa da mulher de esconder o corpo e limpar a cena do crime.

Rafael Leandro Lorencetti, delegado da DIC, informou que a mulher tinha parentesco com o criminoso, e será encaminhada à audiência de custódia, que é uma rápida apresentação ao juiz nos casos de prisões em flagrante.


Na audiência são ouvidas as manifestações do Ministério Público, da Defensoria Pública ou do advogado do preso.



O juiz analisa a prisão sob o aspecto da legalidade, da necessidade e da adequação da continuidade da prisão ou da eventual concessão de liberdade, com ou sem a imposição de outras medidas cautelares. Avalia, ainda, eventuais ocorrências de tortura ou de maus-tratos, entre outras irregularidades.


O crime


A vítima foi morta por volta das 2h de segunda-feira, com um tiro na cabeça. O autor do homicídio foi identificado, porém está foragido. Ele responderá pelo crime de homicídio qualificado (reclusão de seis a 20 anos).


A mulher responderá por ocultação/destruição de cadáver (reclusão de um a três anos, e multa), e fraude processual (detenção de três meses a dois anos, e multa).

Receba nossas atualizações

  • Instagram - White Circle
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019