Banner - Vem K - 1040x250.jpg

Casal adulto de tubarões da espécie Mangona chega ao Oceanic Aquarium

Cada um mede mais de 2 metros e foram trazidos dos Estados Unidos pela maior empresa especializada em transporte de animais aquáticos do mundo

A mais nova atração do Oceanic Aquarium já pode ser visitada: um casal adulto de tubarões da espécie Carcharias taurus, conhecidos como Mangona! A fêmea mede 2,06m e o macho 2,02m, o casal tem cerca de sete anos e vai continuar crescendo. Eles têm mais de 120 dentes pontudos e que ficam expostos para fora da boca, o que proporciona uma aparência mais agressiva, mas são considerados animais tímidos. É uma espécie ameaçada de extinção por conta da pesca predatória e da poluição dos oceanos.


Dos EUA ao Oceanic Aquariumm


Uma equipe européia da Flying Sharks, maior empresa especializada em transporte de tubarões do mundo, foi a responsável em trazer o casal. Foram dois meses de preparação. Os tubarões foram trazidos de Marathon, na Flórida (EUA), de avião até o aeroporto de Guarulhos em São Paulo.

Já no Brasil, uma equipe de especialistas do Oceanic Aquarium, formada por sete profissionais, estava em terra esperando por eles e acompanhou o transporte até Balneário Camboriú (SC). “Esses foram uns dos maiores animais que já transportamos e ocorreu de forma tranqüila, apesar de complexo tudo saiu dentro do esperado. E o sucesso da operação se deve a dedicação e treinamento da equipe da Flying e do Oceanic.


O casal foi transportado em um recinto de polietileno, metade com água e outra com oxigênio puro, não é o nosso ar, é 100% oxigênio. Também controlamos os parâmetros da água e misturamos alguns químicos para eliminar a amônia (urina) dos tubarões”, explica João Correa, CEO da Flying Sharks e responsável pelo transporte dos mangonas.


“Temos um chekc list de 250 itens e antes de embarcarmos os animais testamos toda e qualquer possibilidade de algo sair fora do previsto. Quando os tubarões foram colocados no aquário, nadaram de forma muito tranqüila e aceitaram a alimentação de imediato. Isso significa que já se sentem em casa”, conta Rui Guedes, biólogo marinho da FS, que veio de Portugal dias antes do embarque dos tubarões para preparar o recinto e treinar a equipe que vai lidar diretamente com as novas estrelas do Oceanic.

No total cinco autorizações foram necessárias para a importação dos animais, duas com autoridades norte americanas e três no Brasil: Ibama, Ministério da Agricultura e Receita Federal.


Programa de Conservação


A partir de agora o Oceanic Aquarium participa do Programa Nacional de Conservação da Espécie, vinculado ao Ibama. “São animais que começam a se reproduzir a partir dos oito anos, então dentro de alguns meses eles atingem a maturidade sexual e esperamos que tenham frutos e possamos cooperar com o programa, afinal essa é uma espécie ameaçada de extinção”, ressalta André Neto, Gerente Operacional do Ocenaic Aquarium.


Cristiano Buerger Filho, diretor do aquário exalta o processo: “Foram meses de preparação e dedicação para receber os tubarões, dentro dos melhores padrões mundiais para o bem estar deles. Foi um desafio enorme, com uma logística bem diferenciada. Estamos felizes com o sucesso da operação e convidamos a todos para virem ver de perto essa espécie espetacular e saber mais sobre como cada um pode colaborar para a preservação dos mangonas”.


Curiosidades


-tem mais de 120 dentes e ao longo da vida podem trocar 3 mil vezes os dentes;

-são animais de hábitos noturnos;


- nadam de forma lenta;


- das poucas espécies que conseguem respirar mesmo estando parados;


- possuem predação intrauterina, ou seja, o filhote que se desenvolve primeiro se alimenta dos demais ainda no útero da mãe, considerado um tipo de canibalismo;


-não possuem bexiga natatória, para flutuar precisam ir a superfície e abocanhar o ar;

- podem atingir até 3,2 metros;


- pesam até 150Kg


-normalmente os machos são menores que as fêmeas;


- gestação pode durar de 9 a 12 meses;


- são encontrados na costa do Oceano Atlântico, Índico, além do Mar Mediterrâneo e Mar Vermelho;


- e comem por ano o peso deles em peixes e outros animais menores.


Mais informações nas nossas redes sociais @oceanicaquarium ou pelo site www.oceanicaquarium.com.br


3193 14 - Calebe Moreno - 960x960.jpg
3254 05 - WEB BANNER - CALEBE - 960X960