3321-04-CALEBE-CAMBORIU-NOTICIAS-900x150.jpg

Camboriú já aplicou 22.247 doses de vacina contra o Covid-19

A Secretaria de Saúde de Camboriú, por meio do Departamento Epidemiológico, informa que até segunda-feira, dia 21, já foram aplicadas 22.247 doses da vacina contra Covid-19, das 26.926 doses enviadas pelo Ministério da Saúde (MS).

De acordo com o coordenador da Vigilância Epidemiológica, enfermeiro, Thiago Regiel Vilcinskas, 16.419 pessoas receberam a primeira dose e 5.828 pessoas já receberam a segunda dose da vacina até o momento, sendo elas do Instituto Butantã e da Fio Curz.



Ao todo, foram imunizados no município: 2.438 profissionais de saúde, 158 idosos, acima de 60 anos de idades, residentes em instituição de permanência e 157 idosos acima de 90 anos de idade, 280 idosos acima de 85 a 89 anos idade, 767 idosos acima de 80 a 84 anos de idade, 1.562 idosos acima de 75 a 79 anos de idade, 2.614 idosos acima de 70 a 74 anos de idade, 4.181 idosos acima de 65 a 69 anos de idade, 2.731 idosos acima de 61 a 64 anos de idade, 1.518 pessoas com 55 e 59 anos de idade, 90 doses aplicadas profissionais das forças armadas, 204 foram aplicadas em caminhoneiro, 10 aplicadas em trabalhadores de limpeza urbana, 24 doses Síndrome de Down, 8 transplantados, 24 gestantes e puérperas comorbidades, 63 foram aplicadas em Deficiência Permanente BPC, 3.292 comorbidades 18 a 59 anos de idade. 15 foram aplicadas em gestantes/puérperas/lactantes e 1.546 professores.


É importante lembrar o mundo ainda vive uma pandemia, e mesmo que a pessoa receba a imunização ela precisa seguir todos os cuidados do protocolo de segurança em saúde, que visa evitar a proliferação do vírus.


Atenção dos Profissionais da Saúde


A Secretaria de Saúde, por meio do Departamento de Vigilância Epidemiológica (DVE), informa que continua sendo realizando o cadastro online, no site www.camboriu.sc.gov.br, dos trabalhadores que atuam na área da saúde no município, para que os mesmos possam receber as doses da vacina do Covid-19.


Após a realização do preenchimento de dados, os nomes dos profissionais entram em uma fila de espera online e conforme as doses são repassadas aos municípios, dessa forma é realizado o contato para agendamento do local e horário da aplicação.


A vacina contra a COVID-19 para os profissionais da saúde em geral acontece perante apresentação de documento de identificação com foto, CPF, holerite, crachá ou documento que comprove vínculo empregatício no município.



whatscamboriu.png
3319 - 10 - WEB BANNER - CALEBE - 960x960.jpg