Bitucas de cigarro recolhidas da praia viram prancha de surfe em Santa Catarina



Desde janeiro, um projeto do Sul do Estado recolhe bitucas de cigarro da areia da praia de Itapirubá, que fica entre os municípios de Imbituba e Laguna, para confecção de pranchas de surfe. A iniciativa surgiu do interesse de contribuir com o meio ambiente e a limpeza da praia.

Depois de instalar "bituqueiras", os participantes do projeto coletaram mil bitucas em uma semana.


- A gente pesquisou bastante e viu que poderia usar as bitucas para fabricar as pranchas. Em toda parte da frente e de trás, a gente faz uma esteira de bitucas e depois encapa do modo tradicional - explicou o designer de pranchas Andrigo Porto Alegre.


Durante a confecção do produto, Andrigo observou que as bitucas contribuem com a qualidade da prancha. Em média, 600 unidades são usadas para fazer uma prancha.

- Essas bitucas criam uma camada que deixa a prancha muito mais resistente que a fibra de vidro. A gente foi até convidado a expor essa prancha na feira de pranchas da Califórnia, a maior do mundo - contou.


A estimativa é de que até o fim do verão as pranchas estejam à venda no comércio do Sul do estado. Até lá, quem quiser experimentar, pode pegar emprestada uma prancha em alguns pontos da praia.


Por Redação CBN Diário

Receba nossas atualizações

  • Instagram - White Circle
  • Ícone do Facebook Branco

© 2019