Banner - Vem K - 1040x250.jpg

Balneário Piçarras suspende queima de fogos no Réveillon por conta da Covid-19

A decisão foi tomada após reunião entre o Prefeito Leonel Martins e a Secretaria de Turismo. Município registrou no último mês aumento de 43% no número de casos positivos da doença




A Prefeitura de Balneário Piçarras suspendeu oficialmente a tradicional queima de fogos que é realizada na Orla da praia durante as festividades de Réveillon. A decisão foi tomada em uma reunião entre o prefeito, Leonel Martins e a Secretaria de Turismo, após análise da situação atual em que o número de casos positivos de Covid-19 têm aumentado significativamente no município e região.


“Analisamos no início desse mês que a situação se encontra bastante grave, com índice de transmissibilidade muito alto, diminuindo o número de leitos nas UTIs da nossa região, o que não nos permite no momento realizar a queima de fogos na praia. Entendemos que é um evento que atrai muito visitantes e turistas para a cidade, mas nesse momento a nossa prioridade é resguardar a vida das pessoas, evitar aglomeração e estar mais atentos a essa situação que está bastante grave”, enfatiza a Secretária de Turismo, Susan Corrêa.

Na quarta-feira, 02, Balneário Piçarras chegou a 1.493 casos confirmados de coronavírus, e teve um aumento de cerca de 43% no número de casos nas últimas semanas. Santa Catarina chegou a 378.621 casos confirmados, com 3.855 óbitos, segundo o boletim do governo estadual. Esses números colocam o território catarinense em quinto lugar no Brasil em relação aos estados com mais pacientes infectados desde o início da pandemia, de acordo com os números do Ministério da Saúde.



Durante os meses de setembro e outubro o município registrou baixos índices de contaminação. “Estávamos desde agosto monitorando a situação do covid-19 na região e no nosso município, sabendo que teríamos que tomar uma decisão a respeito das festividades de fim de ano, e imaginávamos que estaríamos em uma situação mais confortável que permitiria a queima de fogos no município no dia 31 de dezembro. Mas isso dependeria muito da transmissão do vírus e a situação nos hospitais da região”, explica a secretária de Turismo, Susan Corrêa.

Na quarta-feira, 02, a região da Foz do Rio Itajaí, da qual Balneário Piçarras faz parte, passou do nível de grave (laranja) para gravíssimo (vermelha). A mudança se deu pelo aumento exponencial de novos casos positivos de Covid-19 na região. A classificação da matriz de risco em grau gravíssimo (vermelha), acarreta em restrições e medidas mais rígidas, entre elas, a proibição de realização de eventos.

“Entendemos que a queima de fogos iria estimular as pessoas a saírem de casa e teria bastante aglomero, o que não seria uma atitude correta nesse momento. Então pedimos a colaboração da nossa população e também dos visitantes que virão para passagem de ano aqui no município, para que façam isso em família, em suas casas, com toda segurança, para que possamos ter uma temporada de verão mais amena, com índices de contaminação do Covid-19 mais baixo”, finaliza Susan.



3254 05 - WEB BANNER - CALEBE - 960X960