Balneário Camboriú inicia vacinação contra a Covid-19



Após a chegada das doses de vacina contra o coronavirus, Balneário Camboriú começou o processo de imunização do grupo prioritário, pelos profissionais de saúde que atuam nas UTIs Covid.



As primeiras doses do imunizante foram aplicadas em três colaboradores do Centro Municipal de Acolhimento e Tratamento Covid-19, em ato simbólico ocorrido no fim desta manhã (19).


O Prefeito Fabricio Oliveira destacou o simbolismo do momento e fez uma referência especial aos profissionais da saúde "Este momento é de muita grandeza. Há exatos dez meses nós abrimos um Hospital exclusivo para tratamento dos pacientes com Covid, e o acontecimento de hoje é uma exata homenagem a todos estes profissionais que deram seu máximo durante todo este período, para que chegássemos a esse momento.


Hoje, ainda que de forma modesta, damos um passo rumo a um futuro muito mais esperançoso".


Os primeiros a receberem as doses foram a técnica de enfermagem Patrícia Junges Casagrande, o médico intensivista Pedro Salomão Dias e a Agente de Serviços Gerais, Darlene Justino Marques Rosário. Todos atuam na UTI do Centro Municipal de Atendimento e Tratamento da COVID-19.


Enfermeira, e vacinadora da rede de saúde desde 1991, a Secretária de Saúde Leila Crocomo fez questão de aplicar as primeiras doses. "Gostaria de ter esse privilégio de fazer essa primeira dose, neste momento histórico que estamos vivendo, que nos traz a esperança de dias melhores".



Na tarde de hoje, a equipe seguirá com a imunização dos profissionais que atuam na UTI, do Centro Municipal Covid-19. No decorrer da semana, estão programados a vacinação dos profissionais das UTis Covid da Unimed e Hospital do Coração. Ao todo, 1.460 profissionais da linha de frente receberão a vacina, correspondente a primeira dose. A Secretaria de Estado de Saúde enviará posteriormente a segunda dose aos municípios.


Devido ao quantitativo limitado, o município seguirá o determinado pelo Ministério da Saúde, priorizando os trabalhadores que atuam nas UTIs Covid dos hospitais públicos e privados. Com a chegada de mais doses, será dado continuidade ao cronograma de vacinação, com os demais profissionais da saúde, idosos em casa de repouso, e população com 75 anos ou mais, sempre conforme o quantitativo a ser recebido.


Fases da Vacinação


Neste primeiro momento, o quantitativo de doses disponibilizado para os trabalhadores de saúde equivale a pouco mais de 30% deste grupo, portanto, a Secretaria de Estado de Saúde elaborou alguns critérios de priorização que serão seguidos pelos municípios:


1. Profissionais que atuam nas UTIs COVID-19;


2. Profissionais que atuam nas Emergências COVID-19;


3. Profissionais que atuam no atendimento clínico hospitalar COVID-19;


4. Profissionais do SAMU;


5. Trabalhadores das Instituições de Longa Permanência de Idosos e de Residências Inclusivas (Serviço de Acolhimento Institucional em Residência Inclusiva para jovens e adultos com deficiência);


6. Equipes que estiverem diretamente envolvidas na vacinação dos grupos elencados para esta etapa.




whatscamboriu.png